A teoria da história como hermenêutica da historiografia: uma interpretação de Do Império à República, de Sérgio Buarque de Holanda // [Historical theory as historiography's hermeneutics: an interpretation of From the Empire to the Republic, by Sérgio Buarque de Holanda]

Abstract
O presente texto oferece uma interpretação de Do Império à República, o livro de Sérgio Buarque de Holanda que reconta a história política brasileira da segunda metade do século XIX. Baseando-se em conceitos desenvolvidos pelo teórico da história Jörn Rüsen, o artigo detém-se particularmente em três aspectos do referido livro: os artefatos teóricos que presidem a interpretação da crise da Monarquia brasileira, os padrões narrativos que dão suporte à constituição de sentido sobre essa experiência do passado, bem como o contexto atual de orientação que serviu de parâmetro de significado/sentido à interpretação e à representação. Esta análise pretende ilustrar que a teoria da história é não só um meio para explorar abstratamente as complexas questões ligadas à produção do conhecimento histórico, mas também uma ferramenta para a obtenção de imagens concretas acerca da prática intelectual dos historiadores profissionais.<br>This text features an interpretation of From the Empire to the Republic, the book by Sérgio Buarque de Holanda that re-enacts Brazil's late 19th century political history. Based on concepts developed by the historical theorist Jörn Rüsen, the article delves particularly into three aspects of the aforementioned book: the theoretical artefacts structuring the interpretation of the crisis of the Brazilian monarchy; the narrative patterns deployed so as to make sense of that past experience; and the orientation context that functions as source of criteria of sense/meaning for both interpretation and representation. This analysis intends to illustrate that historical theory is not only a means to abstractly explore the complex questions connected to the production of historical knowledge, but also a tool for obtaining concrete images about the intellectual practice of professional historians.